Buscar
  • portalbuglatino

Poesia para as Mulheres


Tempos difíceis, tempos estranhos. O caminho afinal não se faz só caminhando. Parece que estamos recuando e deixando, recuando e habituando, recuando e calando. Cuidado com as voltas do mundo, com as voltas da vida, com as voltas sem volta. Cuidado Mulheres, com a vida!


1. Poesia indicada pelo Bug Latino


“AS MULHERES”


“Houve mulheres serenas,

de olhos claros, infinitas

no seu silêncio,

como largas planícies

onde um rio ondeia;

houve mulheres alumiadas

de ouro, émulas do Estio

e do incêndio,

semelhantes a searas

luxuriantes

que a foice não tocou

nem o fogo devora,

sequer o dos astros sob um céu

inclemente;

houve mulheres tão frágeis

que uma só palavra

as tornava escravas,

como no bojo de uma taça

emborcada

se aprisiona uma abelha;

outras houve, de mãos incolores,

que todo o excesso extinguiam

sem rumor;

outras, de mãos subtis

e ágeis, cujo lento

passatempo

era o de insinuar-se entre as veias,

dividindo-as em fios de meada

e tingindo-as de azul marinho;

outras, pálidas, cansadas,

devastadas pelos beijos,

mas reacendendo-se de amor

até à medula,

com o rosto em chamas

entre os cabelos oculto,

as narinas como

asas inquietas,

os lábios como

palavras de festa,

as pálpebras como

violetas.

E houve outras ainda.

E maravilhosamente

eu as conheci.”


Gabriele D’Annunzio.

Tradução de David Mourão-Ferreira.



2. Poesia indicada pelo Bug Latino


“Família”


“Três meninos e duas meninas,

sendo uma ainda de colo.

A cozinheira preta, a copeira mulata,

o papagaio, o gato, o cachorro,

as galinhas gordas no palmo de horta

e a mulher que trata de tudo.


A espreguiçadeira, a cama, a gangorra,

o cigarro, o trabalho, a reza,

a goiabada na sobremesa de domingo,

o palito nos dentes contentes,

o gramofone rouco toda a noite

e a mulher que trata de tudo.


O agiota, o leiteiro, o turco,

o médico uma vez por mês,

o bilhete todas as semanas

branco! Mas a esperança sempre verde.

A mulher que trata de tudo

e a felicidade.”


Carlos Drummond de Andrade

64 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo