• SE FALASSE, O “BUG LATINO”, QUE DIRIA DE SI?

 

"A linguagem e o fato de sermos “comunicantes”, moderam nosso comportamento e nos salvam de nós mesmos e da nossa agressividade. Porém, por sermos complexos, o que dizemos nem sempre é entendido pelo ouvinte com a intenção que pretendemos. O mundo interpreta tudo e o Bug Latino nasce pra ser o “incômodo necessário” – aquilo que “questiona o sistema” e estimula o diálogo." 

• MERCADO

WebTV, Podcast, Blog, Chat, TV aberta e por assinatura.

 

• OBJETIVOS

a) Partir da informação contida nas raízes culturais de todos os parceiros envolvidos, buscando o enriquecimento através da troca de ideias;

b) Desenvolver comportamentos sociais baseados numa ética de convivência;

c) Desenvolver a resolução verbal para problemas;

d) Desenvolver a capacidade de defesa verbal de pontos de vista;

e) Funcionalizar dificuldades;

f) Estimular a busca pela satisfação da curiosidade;

g) Desenvolver a interpretação e a busca de compreensão na leitura;

h) Desenvolver o equilíbrio e complementaridade entre a comunicação verbal, o gesto e o movimento corporal;

i) Melhorar a ocupação do espaço – expressão corporal;

j) Melhorar a noção de esquema e imagem corporal;

k) Integrar experiências de diferentes faixas etárias;

l) Aumentar o nível de informação atualizada, utilizando a arte, a cultura e o entretenimento como ferramentas;

m) Facilitar o acesso aos serviços existentes pelas Institui­ções;

n) Estimular a troca de experiências;

o) Disseminar o conhecimento;

p) Facilitar, através da arte, a relação escola-aluno;

q) Estimular a superação de limites;

r) Facilitar a busca da autonomia.

• É ÚNICO NA SUA LINHA OU É COMPLEMENTAR?

Creio que complementa vários raciocínios que já foram iniciados.

• QUAL O SEU TEMPO DE VIDA?

Deve permanecer.

• QUE MELHORIAS SERÃO AGREGADAS AO PRODUTO E QUANDO?

Como um projeto de comunicação, o Bug será sempre melhorado a cada diálogo que suscitar.

• QUE NECESSIDADES VAI SATISFAZER?

Ao comunicar insatisfatoriamente, geramos frustrações e dores. O Bug cria a demanda de cada vez mais diálogo para gerar a troca de experiências e a satisfação de fazê-lo gera prazer emocional e conhecimento.

• POR QUE FOI PRODUZIDO?

Porque as novas gerações não estão conseguindo falar sobre o que sentem de forma satisfatória, detendo-se em descrições de ações que não conseguem fortalecer vínculos e gerar segurança.

• É RENTÁVEL?

Como projeto educacional é estimulante; como veículo de comunicação entre países é um produto rentável, já que pode contar com patrocinadores e anunciantes, à medida que se mantém através de um portal e uma web tv com conteúdo.

• QUAL O VOLUME DA SUA PRODUÇÃO?

Deverá crescer em progressão geométrica, à medida que mais escolas e outros segmentos se juntarem ao Bug. Num primeiro momento, ele estará disponível apenas em um idioma – o português – o que une 9 países apenas em torno do idioma comum, mas culturas, histórias e geografias diversificadas.

 

• A QUE FAIXA DE MERCADO SE DIRIGE?

A todas as pessoas que percebem as barreiras comunicacionais que têm afetado a sociedade e que queiram contribuir, participando dessa “conversa” oral/escrita/lida.

• HÁ NECESSIDADE EVIDENTE DO PRODUTO?

O empobrecimento do vocabulário e a dificuldade de comunicação que as famílias têm encontrado para interagir e dialogar com as gerações mais jovens, mesmo com a variedade de veículos de comunicação são claros:  a necessidade de atuar e contribuir não para de aumentar.

• É PRECISO EDUCAR O CONSUMIDOR PARA USÁ-LO?

O uso de aparelhos ligados à internet é totalmente intuitivo. Portanto, só as gerações mais velhas precisam de alguma ajuda, atualmente.

• HÁ UMA REDE DE DISTRIBUIÇÃO OU É PRECISO FORMÁ-LA?

Como uma plataforma de discussão para o enriquecimento verbal, o Bug Latino está apoiado na distribuição via internet e pela apresentação informal de temas de interesse humano. Ou seja, há uma rede internacional que lhe dá e lhe dará suporte de distribuição, além de poder ser utilizado como parte da programação de Tvs abertas e fechadas e de fazer parte do planejamento escolar para discutir e determinar novas formas de ver problemas.

• HÁ CONCORRENTES?

Não.

• PATROCINADORES PRETENDIDOS

O Bug precisa de apoiadores com preocupação e responsabilidade social que queiram participar de um trabalho de educação informal, discursivo, com uma estética própria e linguagem de vanguarda, baseado em ética e respeito humano, que atua para estimular e aproximar diferentes gerações a trocarem experiências, com o uso dos universos baseados no uso da linguagem humana, seja ela oral, escrita, lida ou mesmo averbal.

O fato de um empreendedor perceber o empobrecimento verbal e suas consequências na esfera social, do trabalho, na evasão escolar e agir, ter o protagonismo, ancora também a dimensão do resultado. Não é mais possível dizer que as respostas explosivas à frustração, a polarização cega e a colocação de fatos indiscutíveis da ciência em xeque são ocasionais; algo está acontecendo com a nossa comunicação e interpretação e precisamos agir, antes que as perdas de qualidades humanas afetem mais ainda o funcionamento da sociedade e convivência humana.

• ESTRATÉGIA

Utilizar  a  plataforma  para  apresentar  artes  plásticas,  fotografia,  cultura,  literatura, uma  grade de programação audiovisual  e poesia  para enriquecer a fluência  verbal por muitas  portas de interesses diferentes, como forma de enriquecimento da comunicação interpessoal.

Criar parcerias para que o conteúdo da plataforma possa construir lideranças, iniciando pelas escolas e disseminar seus conteúdos em áreas cada vez mais diversificadas.

Criar  interseções  entre  as  diversas  faixas  etárias  e  diferentes  segmentos, propiciando  novas  experiências de convívio e estimulação linguística.

Criar  parcerias  institucionais  com Secretarias de educação lusófonas, investindo no desenvolvimento de redes de intercâmbio.