Buscar
  • portalbuglatino

Poesia de 7 de setembro


Ao Brasil, a este imenso e amado Brasil

Desejamos saúde, paz, amor e pão

Para todos, todos e todos...


1. Poesia indicada pelo Bug Latino


“Amazônia”


“As aves não mais voam

Os peixes não mais nadam

Os pássaros não mais cantam

As pessoas não mais se amam.


Tudo isso por culpa do homem e a sua maldade

Tudo por culpa do homem e a sua falta de caridade.


As nossas matas desmatadas

As nossas florestas devastadas

Nossos animais em extinção

Nosso medo da poluição.


A Amazônia é nossa devemos protegê-la

A Amazônia é nossa devemos amá-la.

Viva o verde, viva a Amazônia,

Viva os índios, viva a alegria.”


Magno Oliveira


2. Poesia indicada pelo Bug Latino


“Reguengos”


“Inverno, manhã cedo. A luz que banha

A paisagem é gélida e cinzenta;

A vaga pompa do cenário ostenta,

Ao largo, as serras húmidas de Espanha.

Hortas, vinhedos e a carcaça estranha

De Monsaraz, numa ascensão violenta;

A erva tenrinha os gados apascenta,

Que em tons de bronze a terra desentranha.

E eu olho essa paisagem dolorida,

Testemunha que foi da minha vida,

Povoada agora de visões errantes...

Eu olho-a e dentro da minha alma afago-a

Que os seus olhos longínquos, rasos de água,

São hoje os mesmos que me olhavam dantes.”


Conde de Monsaraz, Musa Alentejana

45 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo