Buscar
  • portalbuglatino

Beijando Poesia


Todos os nossos amores, longe ou perto, sempre nos tocaram com as palavras, com os olhares, com os gestos ou com comportamentos. Neste período, telefonar, falar, recordar momentos passados de gargalhadas e sorrisos, fazer perguntas sobre como essas pessoas fazem ou faziam coisas que para os outros são mais difíceis, desejar um bom dia....tem tanta pequena coisa que podemos fazer para iluminar os dias vazios de quem está mais velhinho, mais isolado, mais triste, mais perdido... Faça isso também por você.


1. Poesia indicada por Maria Lúcia Levert


“HÁ PALAVRAS QUE NOS BEIJAM”


“Há palavras que nos beijam

Como se tivessem boca,

Palavras de amor, de esperança,

De imenso amor, de esperança louca.


Palavras nuas que beijas

Quando a noite perde o rosto,

Palavras que se recusam

Aos muros do teu desgosto.


De repente coloridas

Entre palavras sem cor,

Esperadas, inesperadas

Como a poesia ou o amor.


(O nome de quem se ama

Letra a letra revelado

No mármore distraído,

No papel abandonado)


Palavras que nos transportam

Aonde a noite é mais forte,

Ao silêncio dos amantes

Abraçados contra a morte.”


Alexandre O’Neill


2. Poesia indicada pelo Bug Latino


“PELA LUZ DOS OLHOS TEUS”


“Quando a luz dos olhos meus

E a luz dos olhos teus

Resolvem se encontrar

Ai que bom que isso é meu Deus

Que frio que me dá o encontro desse olhar

Mas se a luz dos olhos teus

Resiste aos olhos meus só pra me provocar

Meu amor, juro por Deus me sinto incendiar


Meu amor, juro por Deus

Que a luz dos olhos meus já não pode esperar

Quero a luz dos olhos meus

Na luz dos olhos teus sem mais lará-lará

Pela luz dos olhos teus

Eu acho meu amor que só se pode achar

Que a luz dos olhos meus precisa se casar.”


VINICIUS DE MORAES



0 visualização

ESPERAMOS SEU CONTATO

+55 71 99960-2226

+55 71 99163-2226

portalbuglatino@gmail.com

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Instagram - White Circle