Buscar
  • portalbuglatino

Poesia não tem Tempo


A poesia permanece sem tempo, sem data. Não estraga, nem apodrece. Não enferruja, nem degrada. Assusta, impressiona.

É viva.

É vida.



1. Poesia indicada pelo Bug Latino


“A Fantasia”


“Para dourar a existência

Deus nos deu a fantasia;

Quadro vivo, que nos fala,

D’alma profunda harmonia.


Como um suave perfume,

Que com tudo se mistura;

Como o sol que flores cria,

E enche de vida a natura.


Como a lâmpada do templo

Nas trevas sozinha vela,

Mas se volta a luz do dia

Não se apaga, e sempre é bela.


Dos pais, do amigo na ausência,

Ela conserva a lembrança,

Aviva passados gozos,

E em nós desperta a esperança.


Por ela sonho acordado,

Subo ao céu, mil mundos gero;

Por ela às vezes dormindo

Mais feliz me considero.


Por ela, meu caro Lima,

Viverás sempre comigo;

Por ela sempre a teu lado

Estará o teu amigo.”


Gonçalves de Magalhães

Poesia de 1836



2. Poesia indicada por Maria Lúcia Levert


“Canção grata”

"Por tudo o que me deste

inquietação cuidado

um pouco de ternura

é certo mas tão pouca

Noites de insónia

Pelas ruas como louca

Obrigada, obrigada

Por aquela tão doce

e tão breve ilusão

Embora nunca mais

Depois de que a vi desfeita

Eu volte a ser quem fui

Sem ironia aceita

A minha gratidão

Que bem que me faz agora

o mal que me fizeste

Mais forte e mais serena

E livre e descuidada

Sem ironia amor obrigada

Obrigada por tudo o que me deste

Por aquela tão doce

e tão breve ilusão

Embora nunca mais

Depois de que a vi desfeita

Eu volte a ser quem fui

Sem ironia aceita

A minha gratidão."


CARLOS QUEIROZ



40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo