Buscar
  • portalbuglatino

O que é o Natal para você? Bug Sociedade


Um Natal perfeito muda o tempo todo, pra nós. Pode ser aquele com carrinho e doce com chocolate, pode ter bacalhau. Este ano, o Natal é uma picadinha – ai! – Pronto, passou tudo e o mundo começa a olhar a vida sem Covid como algo real.


Covid virou uma coisa íntima na nossa vida. Um bocado de gente resolveu ignorar uma doença que já matou 181 mil pessoas aqui em casa, no Brasil, e segue em frente, com a foice na mão – talvez esses nem percebam a diferença entre vida e morte ainda. Não a própria porque cada um precisa saber de si – mas da vida e da morte de todos, dos outros, dos seus próximos.


Como no Natal, tem a pegadinha dos presentes e da comida – mas isso disfarça o amor, a compreensão, a generosidade, a dadivosidade. Elas são as principais sempre, desde que o Natal começou – mas ficam na ponta da mesa, esperando o convite pra participarem de uma festa diferente. Esperam, quem sabe, um pouco mais de ser, ao invés de ter.


O meu Natal vai passar, mas meu presente vem em forma de picada – ai! - a picada da libertação, do abraço de volta, de andar pegando sol na cara toda, de reconhecer quem passa na rua sem fazer esforço nenhum. Tudo coisinha. Coisica. Mas o que é o Natal sem os sorrisos, sem o docinho que a gente displicentemente joga na boca antes da hora, sem sentar ali do ladinho pra olhar o crochê, o tricô, brincar com o cachorro e reclamar do gato e do menino que não larga do celular? O que é da vida sem o detalhe da vida? E a Covid trouxe a beleza de estar vivo e comer uma maçã no quintal. Coisinhas. Coisicas.


Neste Natal então, ao invés de grandes comidas em grandes grupos, vamos curtir nossos melhores valores em família, nossos amores. Nem precisa roupa de sair porque a gente não vai sair. Todo mundo como é – cara lavada, sem máscara, em casa, curtindo a benção da saúde, da paz, do alimento, do amor. Tudo de graça. Tudo que Deus dá todos os dias e a gente nem via mais.


Bom Natal!

Ana Ribeiro, diretora de cinema, teatro e TV


O que é o Natal para você?

Uma família numerosa, sorridente, feliz. Metade da família chega uns dias antes. Uma azáfama, uma trabalheira e uma enorme alegria. Juntos de novo. Parece que foi ontem que se separaram. Tanta coisa para contar, para rir, para fazer em conjunto. Mostrar as árvores e as flores novas, falar das alegrias e preocupações, das notas de escola dos filhos. Recolher o musgo do muro da casa da frente para enriquecer o presépio, construir a árvore de Natal com música ambiente, risos, palhaçadas, confidências. Conversas pela madrugada, dormir pouco, acordar com um olho aberto e outro fechado porque nestes dias não se pode perder pitada de ninguém, nem de nada. Tanta alegria, tanto convívio, tanta confidência, tanta felicidade. Dói muito a hora da separação. Todos os anos dói demais...mas ano que vem tem mais...tem?


O que é o Natal para você?

Família numerosa. Uma preocupação. Como o dinheiro vai chegar para tudo o que se deseja, para tudo o que se quer oferecer, para todos os sonhos que se quer plantar nos netos? Comprar o que se pode, “esquecer” de comprar o que não se pode. Abreviar os rituais, como se tivessem menos importância para não doer tanto o que já não se pode. Entretanto os dias passam e já se fala do Carnaval, Páscoa, etc. Já passou. Mais um ano de trabalho para tentar que da próxima vez seja melhor. Talvez comprar algumas coisas em março, outras em agosto, outras em outubro. Talvez no próximo ano o sorriso seja mais pleno.


O que é o Natal para você?

E se você vive noutro país? Seu Natal deve ser cheio de Skipe, WhatsApp. De “olha aqui faz-se assim”, de “olha, desta vez quem fez o que fazias foi...” Momentos de amor, felicidade e carinho através da tecnologia, mas com ligação direta ao coração...ao amor verdadeiro. Realmente o amor não tem distância, não tem número de pessoas na mesa, não tem mais ou menos comida na mesa, não tem mais ou menos prendas. Tem, apenas. Tem as pessoas, tem a sensação de carinho, de companhia, de presença, de amor, de respeito, de desejo do bem. E perto ou longe, queremos bem aos que amamos, aos que nos acompanham na vida, aos que nos protegem, aos que são o bem da nossa vida. Aos que são sempre e eternamente o nosso Natal, estejam onde estiverem.


O que é o Natal para você?

Ana Santos, professora, jornalista

86 visualizações0 comentário

ESPERAMOS SEU CONTATO

+55 71 99960-2226

+55 71 99163-2226

portalbuglatino@gmail.com

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Instagram - White Circle