Buscar
  • portalbuglatino

Não é fácil o amor


Não é fácil o amor


Leia estes poemas com paixão pela vida e tentando aceitar a dor como aprendizagem. O amor pela família, amigos, amores. As saudades, as perdas, as dificuldades da vida, as distâncias, as impossibilidades. Tudo dói demasiado. Mas depois...depois sempre seremos melhores. Boas “viagens”.

Ambos os poemas “viraram” belíssimas canções. O primeiro cantado por Janita Salomé, o segundo cantado por Fagner.


1. Poesia indicada pelo Bug Latino


“NÃO É FÁCIL O AMOR”


“Não é fácil o amor melhor seria

Arrancar um braço fazê-lo voar

Dar a volta ao mundo abraçar

Todo o mundo fazer da alegria

O pão nosso de cada dia não copiar

Os males do amor matar a melancolia

Que há no amor querer a vontade fria

Ser cego surdo mudo não sujeitar

O amor o destino de cada um não ter

Destino nenhum ser a própria imagem

Do amor pôr o coração ao largo não sofrer

Os males do amor não vacilar ter a coragem

De enfrentar a razão de ser da própria dor

Porque o amor é triste não é fácil o amor”


Luís Pignatelli


2. Poesia indicada pelo Bug Latino


“Canteiros”


“Quando penso em você, fecho os olhos de saudade

Tenho tido muita coisa, menos a felicidade

Correm os meus dedos longos, em versos tristes que invento

Nem aquilo a que me entrego já me traz contentamento

Pode ser até manhã, cedo claro feito dia

Mas nada do que me dizem me faz sentir alegria

Eu só queria ter no mato um gosto de framboesa

Prá correr entre os canteiros e esconder minha tristeza

Que eu ainda sou bem moço prá tanta tristeza

E deixemos de coisa, cuidemos da vida,

Pois se não chega a morte ou coisa parecida

E nos arrasta moço, sem ter visto a vida."


Cecília Meireles

70 visualizações

ESPERAMOS SEU CONTATO

+55 71 99960-2226

+55 71 99163-2226

portalbuglatino@gmail.com

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Instagram - White Circle