Buscar
  • portalbuglatino

Brasil, triste poeta



Brasil

Tão amado, tão ferido

Desejado, explorado

Raro, único

Sofrido

Quando acredita em si

Ilumina o Universo

Vamos Brasil, vamos

O mundo precisa de você



1. Poesia indicada pelo Bug Latino



“Exaltação ao Nordeste”


“Eita, Nordeste da peste,

Mesmo com toda sêca

Abandono e solidão,

Talvez pouca gente perceba

Que teu mapa aproximado

Tem forma de coração.

E se dizem que temos pobreza

E atribuem à natureza,

Contra isso, eu digo não.

Na verdade temos fartura

Do petróleo ao algodão.

Isso prova que temos riqueza

Embaixo e em cima do chão.

Procure por aí a fora

"Cabra" que acorda antes da aurora

E da enxada lança mão.

Procure mulher com dez filhos

Que quando a palma não alimenta

Bebem leite de jumenta

E nenhum dá pra ladrão

Procure por aí a fora

Quem melhor que a gente canta,

Quem melhor que a gente dança

Xote, xaxado e baião.

Procure no mundo uma cidade

Com a beleza e a claridade

Do luar do meu sertão.”


Luiz Gonzaga de Moura


2. Poesia indicada pelo Bug Latino


“Motivo”


“Eu canto porque o instante existe

e a minha vida está completa.

Não sou alegre nem sou triste:

sou poeta.


Irmão das coisas fugidias,

não sinto gozo nem tormento.

Atravesso noites e dias

no vento.


Se desmorono ou se edifico,

se permaneço ou me desfaço,

— não sei, não sei. Não sei se fico

ou passo.


Sei que canto. E a canção é tudo.

Tem sangue eterno a asa ritmada.

E um dia sei que estarei mudo:

— mais nada.”


Cecília Meireles

62 visualizações

ESPERAMOS SEU CONTATO

+55 71 99960-2226

+55 71 99163-2226

portalbuglatino@gmail.com

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Instagram - White Circle