Buscar
  • portalbuglatino

"Aventuras de Robespierre, o porco espinho", capítulo 3

Atualizado: Out 23


Capítulo 3

O incêndio continuava queimando a serra, lá pelos lados de Petrópolis. Isso criava um problema danado porque as mães se perdiam dos filhos por muitos motivos que ninguém sabia direito: algumas mães morriam queimadas no incêndio, outras, se perdiam quando iam comer, outras os humanos pegavam sei lá pra quê. Sei lá por que. O fato, é que conforme as mães iam sumindo, os bombeiros iam recebendo caixinhas com órfãos, que eles levavam pra minha irmã cuidar.

Robespierre já tinha aprendido a lamber seu leite quando chegaram os gêmeos – gêmeos de gambá (!). Não eram nada parecidos com o gambá do desenho animado, gente – o Pepe Le Pew. Aquele tipo de gambá tem uma cauda linda, com uma listra branca bem no meio. No caso dos gêmeos, mais pareciam uns ratinhos estranhos, com as orelhas peladas. Ou uns morcegos estranhos, sem asas e rabo de rato. Ou... nossa, são mesmo estranhos e diferentes do que a gente pode imaginar vendo o desenho!

Lá estavam os Super-Gêmeos – mas eles não sabiam fazer nada, não se transformavam em nada, não tinham anéis com superpoderes! Eram Super porque sendo do tamanho de um dedo, lutaram e permaneceram juntos quando tudo estava contra eles. Primeiro porque eram filhotes abandonados, bem pequenos, não sabiam muito bem se deslocar, pra onde ir, mas foram achados. Depois porque poderiam morrer queimados e tiveram muita sorte de encontrar amigos, num mundo que nem sempre os tem assim à mão. E ainda depois porque os amigos bombeiros conheciam uma pessoa que poderia adotá-los, até que fossem capazes de viver sozinhos – minha irmã – que adora ser mãe de bichos estranhos.

Gambá é meio parente de canguru – são marsupiais – eles têm os bebês, que nascem bem pequenos – bem pequenos é do tamanho um pouco maior do que uma azeitona, por exemplo! Como nascem pelados e desprotegidos, vão para a bolsinha que as mães têm na barriga. Lá dentro da bolsa tem umas tetinhas – umas três. Cada ninhada se aperta naquela bolsa e eles mamam até ficaram grandinhos – e isso leva bem uns 3 meses. São muitos irmãos. Cada ninhada vem com 7, 8. Então, os gêmeos tinham perdido muitos irmãozinhos porque eram só 2.

Tinham pelos, já chegaram com eles. E se não eram pelados, tinham mamado nas tetinhas de sua mãe por um tempo. Como será que ela tinha morrido? Não sei dizer. Mas fico com o coração apertado, só de pensar em tudo de ruim que pode ter acontecido. Mas aqueles dois tinham sobrevivido e tinham fome. Daí que no mesmo quarto, de maneira estranha e diferente, moravam Robespierre e os super gêmeos – Renée e Descarte. Ficavam separados e o universo de espaço ocupado por bichos tão pequenos transformava um quarto numa fazenda! Sem trocadilho, pura filosofia! Não sabem quem foi Renée de Descartes, o filósofo? Sabem o que é filosofia? Lá vai mais uma pista: se vocês fazem perguntas sobre o funcionamento da vida, do universo ou de como deveríamos agir pra sermos mais felizes ou, ou, ou... sabemos filosofar, mesmo sem saber direito o que é filosofia!


Minha irmã pegava pequenos pratinhos com leite e lá ia Robespierre lamber, viver, sobreviver. Minha irmã pegava outro pequeno prato e lá iam Renée e Descartes – lamber, viver, sobreviver. Bocas brancas de espuma de leite lambido. Órfãos com uma mãe postiça que gostava de verdade deles.


Ana Ribeiro, diretora de cinema, teatro e TV


O Bug Latino agradece a gentileza da AnimaVida, em ceder as imagens. Muito gratas.


AnimaVida

http://animavida.org/

https://www.facebook.com/AnimaVida/

https://www.youtube.com/c/AnimaVidaONG/videos

82 visualizações

ESPERAMOS SEU CONTATO

+55 71 99960-2226

+55 71 99163-2226

portalbuglatino@gmail.com

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Instagram - White Circle