Buscar
  • Ana Santos, Portuguesa

E acordei

Atualizado: Fev 5



Vem.

Vem sem medo, sem perguntas, sem tremores.

Vem que eu te recebo na mais quente das mantas, com a comida mais gostosa, nos abraços mais entrelaçados do espaço. Vem que eu e os siris dançamos o teu nome. Em lume.

Para ti só te darei TUDO e te mostrarei o meu lugar e o que vivi. Te mostrarei o que eu fui, o que sou e como feliz estou por vires.

Sempre me acolheste, mereces o melhor de mim.

Eu, o que sou, o que tenho e o que posso.

Tudo estará disponível para ti.

Para sempre.

Tu foste o meu guarda-chuva nas tempestades noturnas dos meus pensamentos e maiores sofrimentos. Me deste tua cama, tua pouca comida, teu tempo. Me batizaste junto dos teus mais queridos e íntimos. Tu que já não o fazes para ninguém.

Me ouviste...como me ouviste tanto nas noites longas onde faltava espaço e colo. Onde os meus sangravam e eu sangrava de volta e de ida e de reviravolta. A ti eu devo o mar.

Só te peço...não me avises quando chegares e não me procures.


63 visualizações

ESPERAMOS SEU CONTATO

+55 71 99960-2226

+55 71 99163-2226

portalbuglatino@gmail.com

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Instagram - White Circle