Buscar
  • Alex da Rocha, Brasil, E.U.A.

SANYASSIN


SANYASSIN

Tenho mágoa de ser estrangeiro

a todos os povos.

Não sinto raízes.

Não tenho sotaque.

Nenhum canto

é o canto da minha terra.

A solidão é o preço

da minha liberdade;

o preço do andar sem compromisso

desejando um deus por companheiro.

A face evanescente da verdade,

miragem de um vazio absoluto,

é minha, por direito de conquista.

Caminho nos caminhos sempre iguais

do mundo que é dos outros.

E a saudade imensa e pervasiva

de um lar que não é o meu

é o sintoma frágil, pequenino,

da nostalgia do Nada.


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo