Buscar
  • portalbuglatino

Poesias geniais


São tantas, muitas, imensas. Hoje duas. Geniais, de gênios sofridos, vividos, rasgados.


1. Poesia indicada pelo Bug Latino


“Amavisse”


“Como se te perdesse, assim te quero.

Como se não te visse (favas douradas

sob um amarelo) assim te apreendo brusco

Inamovível, e te respiro inteiro


Um arco-íris de ar em águas profundas.


Como se tudo o mais me permitisses,

A mim me fotografo nuns portões de ferro

Ocres, altos, e eu mesma diluída e mínima

No dissoluto de toda despedida.


Como se te perdesse nos trens, nas estações

Ou contornando um círculo de águas

Removente ave, assim te somo a mim:

De redes e de anseios inundada.”


Hilda Hilst


2. Poesia indicada por Maria Lúcia Levert


"Vai alta a nuvem que passa,

Branca, desfaz-se a passar,

Até que parece no ar

Sombra branca que esvoaça.

Assim no pensamento

Alta vai a intuição,

Mas desfaz-se em sonho vão

Ou em vago sentimento.

E se quero recordar

O que foi, nuvem ou sentido

Só vejo alma ou céu despido

Do que se desfez no ar."


Fernando Pessoa


29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo