top of page
Buscar
  • Foto do escritorportalbuglatino

Poesias da Viagem da Vida


Albert Namatjira(1902-1959)

“Sobre viajar para lugares bonitos”

 

“Ainda procuro Deus todos os dias

e ainda o encontro por toda parte,

no pó, nas floreiras.

Seguramente, nos oceanos,

nas ilhas distantes,

continentes de gelo, países de areia,

cada um com seu próprio conjunto de seres

e um Deus, qualquer que seja seu nome.

Que perfeito estar a bordo de um navio

talvez ainda com cem anos pela frente.

Mas é tarde, para todos nós,

e, na verdade, o único navio que há

é aquele em que todos estamos,

incendiando o mundo à medida que avançamos.

Mary Oliver

Trad. Nelson Santander

 

“Pesado”

“Naquela época

Eu pensei que não poderia

me aproximar mais da dor

sem morrer

 

eu me aproximei

e não morri.

Certamente teve

a mão de Deus nisso,

 

assim como as dos amigos.

Ainda assim, eu estava curvada,

e meu riso,

como disse o poeta,

 

havia desaparecido.

Então disse o meu amigo Daniel

(valente mesmo entre os leões):

“Não é o peso que você carrega

 

mas como você o carrega –

livros, luto, ladrilhos –

tudo está na maneira

como você o abraça, equilibra, carrega-o

 

quando não pode, e não quer,

abandoná-lo.”

Então eu fui praticar.

Já reparou?

 

Já ouviu

o riso

que sai, vez ou outra,

de minha boca assustada?

 

Como eu me demoro

admirando, admirando, admirando

as coisas deste mundo

que são gentis, e talvez

 

também turbulentas –

rosas ao vento,

os gansos-do-mar nas ondas íngremes,

um amor

para o qual não há resposta?”

Mary Oliver

Trad.: Nelson Santander

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page