Buscar
  • portalbuglatino

Foi Poesia


O instante. O momento. O que temos é apenas isso. Todos sabemos. Todos esquecemos. Precisamos lembrar. Sentir aquele instante pode ser sentir a vida inteira. Aquele instante...foi poesia...


1. Poesia indicada pelo Bug Latino


Meu destino


“Nas palmas de tuas mãos

leio as linhas da minha vida.

Linhas cruzadas, sinuosas,

interferindo no teu destino.

Não te procurei, não me procurastes –

íamos sozinhos por estradas diferentes.

Indiferentes, cruzamos

Passavas com o fardo da vida…

Corri ao teu encontro.

Sorri. Falamos.

Esse dia foi marcado

com a pedra branca

da cabeça de um peixe.

E, desde então, caminhamos

juntos pela vida…”


Cora Coralina


2. Poesia indicada por Maria Lúcia Levert


“AS MINHAS ASAS”


"Eu tinha umas asas brancas,

Asas que um anjo me deu,

Que, em me eu cansando da terra,

Batia-as, voava ao céu.

— Eram brancas, brancas, brancas

Como as do anjo que mas deu:

Eu inocente como elas,

Por isso voava ao céu.


Veio a cobiça da terra,

Vinha para me tentar;

Por seus montes de tesouros

Minhas asas não quis dar.

— Veio a ambição, co’as grandezas,

Vinham para mas cortar,

Davam-me poder e glória;

Por nenhum preço as quis dar.


Porque as minhas asas brancas,

Asas que um anjo me deu,

Em me eu cansando da terra,

Batia-as, voava ao céu.


Mas uma noite sem lua

Que eu contemplava as estrelas,

E já suspenso da terra,

Ia voar para elas,

— Deixei descair os olhos

Do céu alto e das estrelas...

Vi entre a névoa da terra,

Outra luz mais bela que elas.


E as minhas asas brancas,

Asas que um anjo me deu,

Para a terra me pesavam,

Já não se erguiam ao céu.


Cegou-me essa luz funesta

De “infeitiçados" amores...

Fatal amor, negra hora

Foi aquela hora de dores!

— Tudo perdi nessa hora

Que provei nos seus amores

O doce fel do deleite,

O acre prazer das dores.


E as minhas asas brancas,

Asas que um anjo me deu,

Pena a pena me caíram...

Nunca mais voei ao céu.”


Almeida Garrett

in “Folhas Caídas e outros poemas”

(1799- 1854)

84 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo