top of page
Buscar
  • Foto do escritorportalbuglatino

Poesia da Repetição


Fotografia de Lisa Kristine - @lisakristinephotography

“Nada duas vezes”


“Nada acontece duas vezes

nem acontecerá. Eis nossa sina.

Nascemos sem prática

e morremos sem rotina.

Mesmo sendo os piores alunos

na escola deste mundão,

nunca vamos repetir

nenhum inverno nem verão.

Nem um dia se repete,

não há duas noites iguais,

dois beijos não são idênticos,

nem dois olhares tais quais.

Ontem quando alguém falou

o teu nome junto a mim

foi como se pela janela aberta

caísse uma rosa do jardim.

Hoje que estamos juntos,

o nosso caso não medra.

Rosa? Como é uma rosa?

É uma flor ou é uma pedra?

Por que você tem, má hora,

que trazer consigo a incerteza?

Você vem – mas vai passar.

Você passa – eis a beleza.

Sorridentes, abraçados

tentaremos viver sem mágoa,

mesmo sendo diferentes

como duas gotas d’água.”

Wislawa Szymborska

Escritora polonesa ganhadora do Prémio Nobel de literatura em 1996. Poeta, crítica literária e tradutora.



“3”


“Minha boca paira sobre seus seios

na tarde curta e cinzenta de inverno

nessa cama somos delicadas

e duras quentes de entusiasmo maravilhadas

duras e delicadas nós brincamos de anéis

entrelaçadas nossa vela diurna queima

com sua luz peculiar e se a neve

começar a cair lá fora preenchendo os ramos

e se a noite cair sem anúncio

esses são os prazeres do inverno

repentino, selvagem e delicado seus dedos

exatos minha língua exata no mesmo momento

parando para rir de uma brincadeira

meu amor quente com seu cheiro no auge do inverno”

Adrienne Rich

Feminista, poeta, professora e escritora dos Estados Unidos

36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page